Aula Aberta, 21 de Outubro às 18h: Estudos de Caso e Avaliação: uma reflexão a partir do campo das políticas urbanas e de habitação

Estudos de Caso e Avaliação: uma reflexão a partir do campo das políticas urbanas e de habitação
Resumo
O objetivo da aula é a partilha de experiências de investigação académica no campo das políticas urbanas e de habitação. A apresentação estrutura-se em quatro partes: a reflexão sobre a importância da teoria para o avanço do conhecimento científico; dos estudos de caso para o teste das teorias; da identificação dos temas emergentes no atual contexto das políticas europeias (Next Generation EU) e da análise comparada internacional para estimular a aprendizagem.
Nota biográfica
Sónia Alves é investigadora auxiliar no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa e investigadora convidada no BUILD – Department of the Built Environment da Aalborg University. Ao longo da última década participou em vários projetos de investigação na área da geografia social, sociologia urbana, políticas urbanas e de planeamento urbano. Nos últimos anos tem investigado o modo como as políticas de planeamento urbano podem contribuir para alcançar os objetivos das políticas de habitação, nomeadamente os da promoção de habitação acessível às famílias de rendimentos médios e baixos e para contrariar tendências de segregação e desigualdade socio-espacial. Mais informações em https://orcid.org/0000-0003-1231-8588
O Seminário convida investigadores e arquitectos de instituições de ensino ou unidades de investigação exteriores a fazerem apresentações nos seguintes tópicos:
1 -Trabalho de Mestrado e Prática Posterior de Investigação
2 – Inquietação: Interacção da Teoria com a Prática da Arquitectura
As sessões apresentam experiências de transição do percurso académico para a actividade profissional, convocando participantes e alunos a uma reflexão sobre o modo como a experiência do trabalho de dissertação pode ser determinante na actividade profissional, na prática da arquitectura e na pesquisa de suporte dessa mesma prática. É possível compatibilizar no início de carreira os domínios da prática, teoria e crítica com investigação operativa?
O que investigadores e arquitectos podem trazer para o debate académico? Como vêem a actividade de investigação e o suporte da sua própria criação arquitectónica e de criações referenciais? A arquitectura desperta interesse noutras áreas científicas? Os jovens arquitectos desenham escrevendo e escrevem desenhando? Qual a importância do conhecimento da História? De que modo os seus métodos e instrumentos são determinantes para atingir objectivos e obter soluções? De que modo o suporte dessa mesma prática reflecte inquietações?
O seminário tem como objectivos principais fornecer aos alunos conteúdos e matérias de estímulo à concretização do Projecto de Dissertação (Plano de Trabalhos) e suscitar uma reflexão acerca dos campos da pesquisa arquitectónica, convidando profissionais a contribuírem para que os alunos reflictam sobre a transição do percurso académico para a actividade profissional, visando desenvolver competências de autonomia para a organização do seu conhecimento e a aptidão para distinguir não apenas os domínios fundamentais da arquitectura – prática, crítica, teoria, história – bem como as articulações e inter-relações que entre eles se estabelecem e a contactarem com investigadores de outras áreas científicas.
Laboratório de Investigação – Seminários, 5º ano, Curso de Mestrado Integrado, 2021/2022
Docentes: Prof. Francisco Portugal e Gomes, Prof. Bernardo Vaz Pinto
DAU – Departamento de Arquitectura e Urbanismo, ICATI
Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Lisboa.