Maria Rita Pais

Maria Rita Pais (Lisboa, 1975). Arquitecta, professora e investigadora licenciada pela FAUTL (1999) e Mestre em Construção pelo Instituto Superior Técnico (2004), Doutora em Arquitectura pela Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa (2012).

No âmbito académico, desenvolve investigação no âmbito da arquitectura ligada aos meios de comunicação, avaliando particularidades da arquitectura, seu impacte nos meios editoriais e nos desenvolvimentos teóricos da disciplina.

No Mestrado desenvolveu o tema: “A emergência da arquitectura portuguesa no contexto europeu, no pós Inquérito à Arquitectura Popular em Portugal” deixando antever algumas movimentações práticas e teóricas que chamaram a atenção ao main stream da crítica internacional.

No Doutoramento desenvolveu o tema: “Dinâmicas da arquitectura portuguesa na segunda metade do século XX. Um olhar cruzado entre a tipologia de habitação unifamiliar e os meios editoriais”, um estudo que faz uma avaliação da evolução teórica da arquitectura portuguesa através do estudo da habitação unifamiliar, tipologia que comprovadamente tem um papel importante no desenvolvimento e divulgação de concepções arquitectónicas, no período estudado.

Iniciou actividade de docência no IST na assistência à cadeira de Projecto do 3º ano do curso de Arquitectura e encontra-se actualmente a leccionar cadeiras teóricas no Mestrado Integrado de Arquitectura da EUVG como História da Arquitectura VI (Contemporânea), Discurso Critico Arquitectónico, Habitat e Espaços Domésticos, Dissertação, Seminários de Especialização e Curadoria de Recursos.

Actualmente lecciona na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. Leccionou Planeamento Urbano e Territorial (4ºano), Ecologia Urbana e Sustentabilidade (4ºano), Arquitectura de Espaços Públicos (4ºano) e actualmente lecciona Projecto III (3ºano).

Ainda no âmbito académico, tem realizado diversas conferências internacionais, publicações científicas e participado activamente em workshops relacionados com os temas de investigação a que se dedica.

Realiza projecto de Arquitectura como actividade paralela à da docência. As duas actividades complementam-se, enriquecendo o conhecimento e a sensibilidade em ambas as áreas.

No âmbito curadorial, destacam-se alguns trabalhos de programação e desenho expositivo de exposições no sector das artes plásticas, como a Anteciparte, Projecto Alvito, Míni-Stereo, Par Hasard, “Habitar Portugal 2009-2011” e “Viagem ao Invisível”.

Publicações

  • PAIS, Maria Rita (2014) Active silence behind the scenes: women and space changes in architecture, in Matrices, 2nd International Congress on Architecture and Gender, Lisbon, 2014 ( http://www.2ga.ulusofona.pt)
  • PAIS, Maria Rita (2014) Research by Design in Architecture: an approach into the exploratory research phase, in AE… Architectural and Education Journal, nº11, Lisbon, 2014 ( http://revistas.ulusofona.pt/index.php/revlae/article/view/4785)
  • PAIS, Maria Rita (2012) Interior Spaces for Laze: a look into portuguese domestic in the late twentieth century, Conference and publication proceedings, (in)arch 2014, Technical Faculty of University of Indonesia, Jakarta, 2014 ( http://inarch.eng.ui.ac.id/wp-content/uploads/2014/09/schedule.pdf)
  • PAIS, Maria Rita (2012) Dinâmicas da Arquitectura Portuguesa na Segunda Metade do Século XX. Um olhar cruzado entre a tipologia de habitação unifamiliar e os meios editoriais, Tese de Doutoramento, Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa, orientada pela Professora Doutora Madalena Cunha Matos
  • PAIS, Maria Rita (2004) A Emergência da Arquitectura Portuguesa no Contexto Europeu, no pós-Inquérito à Arquitectura Popular em Portugal, dissertação de mestrado, orientada por Professora Doutora Madalena Cunha Matos, Instituto Superior Técnico, Universidade Técnica de Lisboa, Lisboa

Maria Luísa Paiva Menezes de Sequeira

Doutoramento em Escultura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa – FBA-UL (2013).

Licenciatura em Pintura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa – FBA-UL (2013).

Mestrado em Teoria da Arquitectura pela Faculdade de Arquitectura e Artes da Universidade Lusíada de Lisboa – UL-FAA (1998).

Licenciatura em Arquitectura pela Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa – FA-UTL (1991).

Desde 1995, Professora Auxiliar Convidada no Bacharelato e, posteriormente, Licenciatura em Design.

Actualmente, Professora Auxiliar, a leccionar na licenciatura em Design e no Mestrado integrado em Arquitectura da Universidade Lusófona de Lisboa e investigadora permanente no Laboratório de Arquitectura – Centro de Estudos LabART, ULHT.

Como principais interesses de investigação destacam-se:

  • Compreender a pertinência da aproximação conceptual entre as áreas da Arquitetura e Artes Plásticas
  • Conhecer as evidências concretas de uma partilha metodológica de paradigma entre a arte minimal dos anos 60 e 70 e a arte europeia a partir da década de 90
  • Perceber a partir de que momento se assiste ao deslizamento do minimalismo no sentido de uma performatividade que engloba o campo disciplinar da arquitetura
  • E saber como se desenvolveram, tanto a arquitetura como as artes plásticas em geral, em Portugal, a partir de inícios da década de 90, à luz das diversas problemáticas já levantadas

Publicações

  • Sequeira, Luísa Paiva (2014). Capítulo de Livro: “Architectonic content of Pedras Salgadas Spa & Nature Park – Networks of content to enrich the real” in New scenarios for the Touristic European Maritime Coast. Coord. Nádia Fava e Marisa Garcia Vergara. Girona: Nádia Fava e Marisa Garcia Vergara Eds. (pp. 73 a 81) ISBN: 9788499842653.
  • Sequeira, Luísa Paiva (2013).Publicação do trabalho “A Cidade Replicada” in Chiado, Baixa e Confronto com o «francesismo» nas Artes e na Literatura – Arte Pública, Espaço Público. Coord. José Quaresma. Lisboa: Edição da Junta de Freguesia dos Mártires e CIEBA–FBAUL. ISBN: 9789898300515
  • Sequeira, M. Luísa Paiva (2011), Capítulo de Livro: “Perspectiva experimental e especulativa da Arte Pública Contemporânea” in O Chiado, a Baixa e a Esfera Pública: ensaios e exposições de Arte Pública. Coord. José Quaresma. Lisboa: Chiado na Moda, Associação dos Arqueólogos Portugueses (Ed.). pp 169 a 173. ISBN: 9789729451508.
  • Sequeira, M. Luísa Paiva (2011). Publicação dos trabalhos de Arte Pública “Nuvens em Juno” e “Sombras Chinesas” in O Chiado, a Baixa e a Esfera Pública: ensaios e exposições de Arte Pública. Coord. José Quaresma. Lisboa: Chiado na Moda, Associação dos Arqueólogos Portugueses (Ed.). ISBN: 9789729451508.
  • Paiva, Luísa (2010). Publicação dos trabalhos de Arte Pública “Engenhos de Vento” in Chiado: Efervescência Urbana, Artística e Literária de um Lugar. Coords. José Quaresma & Fernando Rosa Dias. Col. Chiado na Moda. Lisboa: CIEBA e FBA-UL. ISBN: 9789898300072.

Joao Borges da Cunha

João Borges da Cunha (Lisboa, 1973), arquiteto pela Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa (classificação de Bom com Distinção, 1997).

Doutor em Estudos de Cultura (Summa cum Laude, 2014) pela Universidade Católica Portuguesa, onde defendeu a tese intitulada «Representação, imersão e interiores: Culturas de Espaço em ‘To the Lighthouse’ e ‘Buddenbrooks’».

Professor Auxiliar da ECATI nos Cursos de Mestrado em Arquitectura e Mestrado em Ensino das Artes, áreas de História e Teoria da Arquitectuar e de Artes e Ciências da Representação.

Recebeu o Prémio Branquinho da Fonseca, Expresso/ Gulbenkian em 2003.

Publicações

  • Cunha, João Borges da (2016), «Locus anonymous: place, anonymity and irony» in The Aesthetics and Politics of Irony, Alves, Elsa, Dinger, Ana, eds. [no prelo], artigo resultante de ‘paper’ à 4th Graduate Conference in Culture Studies, Irony: framing (post)modernity, January 2014 at the Catholic University of Portugal.
  • Cunha, João Borges da (2013), «The Bernhardian Cachectonica: figures of architectural discomfort and distress in Thomas Bernhard’s fiction», in Gadanho, Pedro, Oliveira, Susana (Ed.), Once Upon a Place: Architecture & Fiction, Lisboa: Caleidoscópio; pp. 169-175
  • Cunha, João Borges da, Lourenço, Jorge Fazenda (2011), Corpo, Arquitectura, Poema: Leituras inter-artes na poesia de Jorge de Sena, Lisboa: Assírio & Alvim.
  • Cunha, João Borges da (2008), «Metáfora e Crime – a continuação do delito no centenário do libelo anti-ornamento de Adolf Loos», in Revista Lusófona de Arquitectura e Educação [ http://revistas.ulusofona.pt/index.php/revlae/article/view/1820].
  • Cunha, João Borges da (2005), «Arquitectura por decreto», in Jornal Público, 23 de Outubro, p. 8.

Manuel Serafim Pinto

Manuel Serafim Fontes Santos Pinto é doutorado em Sociologia do Desenvolvimento e da Mudança Social, pela FCSH-UNL; mestrado em Sociologia do Trabalho, das Organizações e do Emprego e licenciado em Sociologia, pelo ISCTE; pós-graduado em Museologia Social, UAL e em Museologia, pela ULHT.

Realizou 6 cursos especializados na área da formação profissional e do património.

Em museologia, destaca-se a realização da Casa-Museu de Aljustrel, em Fátima (1992). Das publicações, sobressaem os livros: em co-autoria Aljustrel.

Uma aldeia de Fátima. O passado e o presente (1993); Fátima: Santuário de Fátima. Tripulantes de Cabina. Fragilidade e Poder: uma perspectiva sociológica sobre a segurança no transporte aéreo (2001); Lisboa: Instituto Mediterrânico da Universidade Nova de Lisboa.

Enciclopédia de Fátima, colaboração com 4 entradas (2006 edição em português, 2010 edição em italiano); Estoril: Principia. Transporte Aéreo e Poder Político, sob o signo do Império (2010); Lisboa: Coisas de Ler. Segurança. Perspectivas para uma sociologia da acção (2011); Lisboa: Editora Coisas de Ler. Segurança.

Perspectivas para uma sociologia da acção (2015 – edição actualizada); Porto: Fronteira do Caos. Segurança. A Queda do Paradigma Original (2016) Porto: Fronteira do Caos. Estado da Arte e Teoria do Conhecimento. Transversalidade epistémica no trabalho científico, construção de teses e dissertações (2016); Porto: Fronteira do Caos. Tem vários artigos publicados.

É docente da ULHT, na FCSEA – Faculdade de Ciências Sociais, Economia e Administração e investigador no CPES – Centro de Pesquisa e Estudos Sociais.

Faz parte dos Conselhos Científicos da Faculdade, do Departamento de Sociologia e do Departamento de Museologia onde também pertence ao Conselho Científico e ao Conselho Pedagógico.

an>

Joana Mourão

Joana Mourão é Arquitecta, doutorada em Dinâmicas e Formas Urbanas (2012, FAUP/LNEC).

É especialista em urbanismo e edificação de baixo impacte ambiental. Tem participado em projectos de investigação, em estudos de planeamento urbano e projectos de arquitetura.

É consultora em avaliação de impactes de planos de ordenamento territorial e de políticas habitacionais.

É docente convidada em diversas universidades e é membro associado do DINAMIA’CET ISCTE-IUL, onde desenvolveu investigação sobre História do Território.

Publicações

  • 2015 – MOURÃO, Joana; MARAT-MENDES, Teresa “Urban Planning and Territorial Management in Portugal (1988-2008). Antecedents and impacts of the 2008 financial and economic crisis” – Capítulo do livro “Cities in Crisis – Socio-Spatial Impacts of the Economic Crisis in Southern European Cities” Routledge, Londres e Nova Iorque, ISBN: 978-1-13-885002-6
  • 2014 – MOURÃO, Joana “Territorial and urban form regulation: from Garden-City to Low Carbon City” 21º ISUF, Artigo no E-BOOK: Oliveira V, Pinho P, Batista L, Patatas T and Monteiro C (eds.), 2014, Our common future in Urban Morphology, ISBN: 978-972-99101-6-6
  • 2013 – MOURÃO, Joana “A oferta globalizada de solo urbanizável e de habitação como subversão do urbanismo (Angola, Brasil, Moçambique)” Revista de Morfologia Urbana (1) 2013 (Edits V. Oliveira e T. Marat-Mendes), ISSN: 2182-7214
  • 2012 – CAMPOS, Vítor; MOURÃO, Joana “Desenvolvimento de Sistemas territoriais de Baixo Carbono. Uma perspectiva de investigação aplicada às metodologias de avaliação de Planos de Ordenamento do Território”, Jornadas de Inovação e Investigação do LNEC, 18.06.2012, Lisboa
  • 2012 – LNEC (MOURÃO, Joana; PEDRO, J. Branco) “Princípios de Edificação Sustentável” Informação Técnica de Arquitectura ITA 11, Publicação do LNEC e EPUL, Lisboa. ISBN: 978-972-49-2243-0; DOI: 10.13140/2.1.2220.8328