PhD Seminar: Luísa Bebiano – Arquitetura, processos de criação

The Architecture Departments of Lusófona University of Lisbon and Oporto are organizing a seminar – Architecture: Design and Research – for the current academic year.
 
This friday: 30 April 2021 at 17:00 (Lisbon Time)
Luísa Bebiano – Arquitetura, processos de criação

Please, feel invited to participate:

Zoom (class): https://videoconf-colibri.zoom.us/j/84986977917

Synopsis:

Projetar em arquitetura é um ato criativo, técnico e de ordenamento de ideias. É um sistema de organização que determina uma forma, algo concreto que faz parte de uma essência. “O processo de projeto baseia-se num contínuo jogo de sentimento e razão.”

Nesta aula irei debruçar-me sobre duas obras de arquitetura (uma reabilitação e uma construção de raiz) e o seu processo criativo no desenvolvimento do projeto. Em paralelo, abordar-se-á a montagem de uma narrativa visual para cinema.

Biographical Note:

Luisa Bebiano (Coimbra, 1978) tem atelier próprio de arquitetura desde 2010, com fundação na incubadora de empresas do Instituto Pedro Nunes. Desenvolve projetos de arquitetura que a relacionam com o teatro e o cinema, universo temático que é a base da investigação que está a desenvolver para a tese de doutoramento no Instituto Superior Técnico.

Licenciada em Arquitetura pela Faculdade de Ciências da Universidade de Coimbra, com uma passagem pelo Politécnico de Torino (Itália), foi distinguida com o Prémio Escolar Quartel Mestre General W. Elsden.

Iniciou a sua atividade enquanto Diretora de Arte em 2009 na equipe do realizador António Ferreira e a sua atividade de cenografia com João Mendes Ribeiro, com quem estagiou para a Ordem dos Arquitetos.

O seu trabalho na área de arquitetura tem como foco principal a resposta a diversos programas de várias escalas, com maior incidência na reabilitação de edifícios.

Tem sido distinguida em concursos sobre obra realizada, nomeadamente: Prémio Nacional de Reabilitação Urbana (2017), Premis Fad (selecionada em 2013, 2015 e 2018), Prémio Municipal de Arquitetura Diogo de Castilho (2019), Prémio Teotónio Pereira (2019) e Prémio Vilalva (2019), atribuído pela Fundação Calouste Gulbenkian.

Faz frequentemente conferências e workshops no âmbito do seu trabalho transdisciplinar. Foi Assistente Convidada na Universidade de Coimbra em 2020 no mestrado ALA – Architecture, Landscape, Archeology.