Margarida Valla

MV

MA – A.A., Londres (1985); Doutoramento (História de Arte) FLUL (2008); Prof. Auxiliar 1987-2010 na FA-UL e Prof. Associada (Coordenadora HTA) DARQ/ ULHT. Membro-fundador do CEAU-ISCTE (1999-04), desenvolveu projectos sobre a morfologia urbana portuguesa; tem publicado textos no âmbito do Doutoramento sobre a relação entre o traçado urbano e as fortificações modernas em Portugal e sobre a Identidade Urbana como membro do ARTIS/ IHA FLUL (2009-) e do LABART/ ULHT (2010-).

Publicações:

Urbanismo Português. Séculos XII-XVIII. Portugal-Brasil,(com Manuel C. Teixeira), Livros Horizonte, Lisboa, 1999, 334 pp.

“Catástrofe e utopia: A regularidade cartesiana na engenharia militar portuguesa”, 1755: Catástrofe, Memória e Arte, Acta 14, Centro de Estudos Comparatistas, Faculdade de Letras de Lisboa, Edições Colibri, 2006, pp. 271-281.

A Praça-Forte de Elvas: A Cidade e o Território”, Revista Monumentos nº 28, Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, 2008, pp. 28-37.  

“A Identidade Urbana e arquitectónica do Núcleo Histórico de Carnide”, Quadros da História de Lisboa, A Freguesia de Carnide. Lisboa: Academia Portuguesa da História, p.63-81, Lisboa, 2014.

“O Diálogo entre o Urbanismo Português e os Rios como Identidade Territorial Brasileira”, Confins [En ligne], 23 | 2015. URL : http://confins.revues.org/10074