Manuel Serafim Pinto

MS

Manuel Serafim Fontes Santos Pinto é doutorado em Sociologia do Desenvolvimento e da Mudança Social, pela FCSH-UNL; mestrado em Sociologia do Trabalho, das Organizações e do Emprego e licenciado em Sociologia, pelo ISCTE; pós-graduado em Museologia Social, UAL e em Museologia, pela ULHT. Realizou 6 cursos especializados na área da formação profissional e do património.

Em museologia, destaca-se a realização da Casa-Museu de Aljustrel, em Fátima (1992). Das publicações, sobressaem os livros: em co-autoria Aljustrel. Uma aldeia de Fátima. O passado e o presente (1993); Fátima: Santuário de Fátima. Tripulantes de Cabina. Fragilidade e Poder: uma perspectiva sociológica sobre a segurança no transporte aéreo (2001); Lisboa: Instituto Mediterrânico da Universidade Nova de Lisboa. Enciclopédia de Fátima, colaboração com 4 entradas (2006 edição em português, 2010 edição em italiano); Estoril: Principia. Transporte Aéreo e Poder Político, sob o signo do Império (2010); Lisboa: Coisas de Ler. Segurança. Perspectivas para uma sociologia da acção (2011); Lisboa: Editora Coisas de Ler. Segurança. Perspectivas para uma sociologia da acção (2015 – edição actualizada); Porto: Fronteira do Caos. Segurança. A Queda do Paradigma Original (2016) Porto: Fronteira do Caos. Estado da Arte e Teoria do Conhecimento. Transversalidade epistémica no trabalho científico, construção de teses e dissertações (2016); Porto: Fronteira do Caos. Tem vários artigos publicados. É docente da ULHT, na FCSEA – Faculdade de Ciências Sociais, Economia e Administração e investigador no CPES – Centro de Pesquisa e Estudos Sociais. Faz parte dos Conselhos Científicos da Faculdade, do Departamento de Sociologia e do Departamento de Museologia onde também pertence ao Conselho Científico e ao Conselho Pedagógico.