Catarina Patrício

cp

Catarina Patrício (Lisboa, 1980) é artista e investigadora em pós-doutoramento, bolseira FCT no Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens (CECL), FCSH-UNL, com o programa de trabalhos «Smart City: cinema, utopicidade e governamentalidade na cidade pós-industrial». Professora na UHLT desde 2010, é doutorada em Ciências da Comunicação pela FCSH-UNL, especialidade Cultura Contemporânea e Novas Tecnologias, uma investigação financiada pela FCT. Mestre em antropologia pela FCSH-UNL (2008), Catarina Patrício é licenciada em pintura pela FBA-UL (2003). Catarina Patrício desenvolve a sua atividade entre a prática artística, o ensino e a investigação científica.

http://catarinapatricio.weebly.com/

Publicações:

Patrício, C. 2015. «O Legislador Paralisado: Crise do nomos da Terra». In Movimento (Revista de Comunicação e Linguagens, 45) Lisboa: Unyleya (no prelo)

Patrício, C. 2015. «A Primeira Grande Guerra e a Inevitabilidade do Recrutamento Planetário». (Revista de Ciências Militares, Vol. III – nº 1, pp. 65-80) Lisboa: IESM. ISSN 2183-0835 (Peer Reviewed)

Patrício, C. 2014. «Da Contingência». Desvio (Caderno Mateus DOC VII, pp. 172-181). Instituto Internacional Casa Mateus. ISBN 978-989-97281-1-0

Patrício, C. 2012. «Feedback de Cablegate para o Jardim de Éden: A individuação do vírus de mutação tecnológica». Analítica dos novos média (Revista de Comunicação e Linguagens, 43-44, pp. 77-85) Lisboa: Relógio dʼÁgua. ISSN-0870-7081 (Peer Reviewed)