A STUDY OF THE D.JOÃO III CLOISTER IN TOMAR (PORTUGAL)

Seminário “Teoria, Investigação e Prática Profissional”

2022-2023 | 3º Ciclo de Aulas Abertas

A STUDY OF THE D.JOÃO III CLOISTER IN TOMAR (PORTUGAL)

A dissertation submitted by Rodrigo Hölzer e Brito towards the degree of Master of Architecture at the University of Bath. Department of Architecture and Civil Engineering. Session 1999-2000.

Resumo

Será apresentada a Dissertação de Mestrado realizada na University of Bath (ano lectivo 1999-2000) sob a orientação do Professor Vaughan Hart.

A dissertação examina a arquitectura all’antica de Diogo de Torralva (1500-1566) e Filippo Terzi (1520-1597) no Claustro D. João III do Convento de Cristo em Tomar; enquadra-a nas obras que Francisco de Holanda (1517-1585) visitou e documentou na sua viagem a Itália sob o patrocínio de D. João III (1502-1557); e considera a relevância do Livro III de Sebastiano Serlio (1475-1554) nesta iniciativa.

Será também apresentada a forma como a metodologia de investigação e o trabalho de campo contribuíram para a formação do argumento.

Nota Biográfica

Rodrigo Hölzer e Brito é doutorando no Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra. Estudou arquitectura nas Universidades de Leeds, Delft, e Bath. Leccionou na Escola Internacional de Arte do Instituto de Arte, Tecnologia e Cultura, sito em Cabo Verde. Exerce a actividade liberal no Porto.

18 de outubro, 2022, 21:00h

Link Zoom: https://videoconf-colibri.zoom.us/j/95186455443

O seminário convida jovens arquitectos e investigadores de instituições de ensino universitário ou unidades de investigação exteriores a fazerem apresentações nos seguintes tópicos:

1 –Trabalho de Mestrado e Prática Posterior de Investigação e Projecto

2 – Inquietação: Interacção da Teoria com a Prática

As sessões apresentam experiências de transição do percurso académico para a actividade profissional, convocando participantes e alunos a uma reflexão sobre o modo como a experiência de dissertação pode ser determinante na actividade profissional, na prática da arquitectura e na pesquisa de suporte dessa mesma prática. É possível compatibilizar no início de carreira os domínios da prática, teoria e crítica com investigação operativa?

O que podem os jovens arquitectos e investigadores em actividade trazer para o debate académico? Como vêem o suporte da sua própria criação e de criações referenciais? Desenham escrevendo e escrevem desenhando? Qual a importância do conhecimento da História? De que modo os seus métodos e instrumentos são determinantes para atingir objectivos e obter soluções? De que modo o suporte dessa mesma prática reflecte inquietações?

O seminário tem como objectivo principal suscitar uma reflexão, alargada às áreas cientificas afins, acerca dos campos da pesquisa arquitectónica, convidando profissionais e investigadores a pensarem e debaterem a transição do percurso académico para a actividade profissional, de modo a estimular nos alunos não apenas a aptidão para distinguirem os domínios fundamentais da arquitectura – prática, crítica, teoria, história – e as articulações e inter-relações que entre eles se estabelecem, bem como o desenvolvimento de competências de autonomia para a organização do conhecimento, com vista à concretização de um Projecto ou Plano de Trabalhos, enquanto base consistente para posterior elaboração de dissertação de mestrado.

Laboratório de Investigação – Seminários, 5º ano, Curso de Mestrado Integrado

DAU – Departamento de Arquitetura eUrbanismo

Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Lisboa

Docente: Prof. Francisco Portugal e Gomes (PhD Arq.)